fbpx

Como se constrói uma carreira de sucesso? Muitas respostas diferentes podem surgir para essa pergunta. O certo é que, para uma carreira começar a alcançar níveis acima da média e trazer resultados, o importante é analisar o que foi feito antes mirando o depois. Você tem as bases necessárias para ser um advogado bem-sucedido?

Uma advogada vestida formalmente e com elegância, caminhando sorridente pelas ruas de uma cidade bonita. Representa o advogado bem-sucedido

A força de vontade é um dos quesitos mais importantes, mas não é o único. Isso porque dedicação sozinha não faz uma boa jornada.

Ou seja, para que resultados concretos possam ser colhidos no futuro, a carreira precisará estar solidificada em um bom alicerce.

É comum que, ao abrir um escritório, os advogados escolham os sócios baseados em afinidade ou na área do direito que atuam. Esse tipo de atitude não está errada, mas requer um certo cuidado extra.

Uma vez que a profissão não escapa de impostos, despesas e receitas, é preciso que o escritório seja visto como uma empresa.

Por isso, os sócios deverão estar cientes de tudo o que é preciso cuidar:

  • financeiro;
  • atendimento;
  • relacionamento com clientes;
  • entre outros.

Isso implica entender que todo o escritório, no final das contas, é um empreendimento com altos e baixos, que vai muito além de só ajuizar ações.

Comece escolhendo a área que você gosta

Pode parecer bobagem, mas quem atua na área que não gosta está fadado a seguir o caminho da grande maioria e entrar em uma “vala comum”. Ser um advogado de sucesso pressupõe ser destaque, referência de atuação.

É muito mais fácil ser referência na área que gosta, do que na que culturalmente é vista como  a que traz mais recursos financeiros.

E por que disso?

Quem faz o que gosta muito provavelmente não se sentirá tão desgastado quando precisar pesquisar e elaborar estratégias criativas para solucionar os problemas.

Da mesma forma, se sentirá muito mais à vontade para ter iniciativas e inovar na profissão quando for necessário. Além disso, será capaz de identificar mais rápido as mudanças do mercado e as implicações que elas causarão na legislação.

Trabalhando na área que se gosta, por pior que seja a tarefa, ela sempre será bem feita.

Una a emoção com a razão. Atue na área que ama, mas pense estrategicamente

Tendo identificado a área que mais se conecta, que desperta aquela vontade de aprender mais, ir em congressos e ouvir palestras, chegou a hora de pensar com a razão.

Prepare-se e trace os objetivos e metas que espera do escritório. É importante que esses objetivos estejam baseados na realidade de onde quer chegar. Portanto, não é só o número de clientes e processos ativos, mas a estrutura do escritório como um todo. Número de funcionários, número de sócios, aporte financeiro, etc.

Tudo isso a curto, médio e longo prazo. Identificadas as metas e objetivos, estabeleça períodos e aplique análises. Como o Ciclo PDCA, por exemplo.

O Ciclo PDCA é uma forma de gestão de processos baseada em quatro fases.

Esse Ciclo é usado na gestão de qualidade e é um grande facilitador de estratégias. Será aplicado em cada novo passo a ser tomado dentro do escritório, tais como a eficiência do setor de atendimento ou daquele setor que possui um advogado cuidando de muitos processos.

Basicamente, os passos a serem seguidos são:

1. Planejar (Plan). Fixam-se os objetivos, identificando problemas, estabelecendo metas, analisando como o serviço está sendo feito e como deverá ser melhorado.

2. Fazer (Do). Execução do planejamento, com anotações das análises.

3. Checar (Check). Identificar se o setor está cumprindo com os objetivos ou não e o por quê.

4. Agir (Action). A partir da checagem, é possível ver se os objetivos foram cumpridos. Em caso negativo, eles deverão ser melhorados, reiniciando-se as etapas.

O advogado bem-sucedido consegue enxergar gargalos

Como a advocacia é ensinada para não ser uma empresa, muitas vezes a administração de um escritório se torna difícil.

O que se deve ter em mente é que problemas como os de financeiro, atendimento ou de gestão de trabalho sempre surgem. Não importa a área. A diferença está no que você faz para minimizá-los.

O certo é que seguindo um planejamento e analisando cada setor, os gargalos do escritório serão evidenciados e, assim, poderão ser evitados.

Ter sucesso na carreira implica uma série de fatores. Por isso, estar bem estruturado é essencial. Quanto mais cedo esses planejamentos forem feitos, mais claro o caminho para o sucesso será.

De nada adianta, por exemplo, entregar milhares de clientes para um advogado que não compreende o fluxo de trabalho do escritório. Ou não sabe a importância de se ter um livro caixa.

Tenha em mente que o escritório é como o corpo humano. Cada setor é um órgão essencial para mantê-lo vivo. Quando um órgão não funcionar bem, todos os outros sofrerão as consequências.

Mesmo que pareça difícil fazer essas análises, comece desde a abertura do escritório. Caso já tenha aberto, não se preocupe. Nunca é tarde para que o escritório seja reorganizado. A ADVBOX, por exemplo, possui consultores específicos, que auxiliam no planejamento de áreas como atendimento, financeiro e gestão de tarefas.

Afinal, para ser um advogado bem-sucedido é preciso fazer o que se ama. Mas sempre pensando para frente, analisando consequências e extraindo lições.

Banner para clicar e fazer download do kit plano de negócio na advocacia.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *