Escritórios com filiais, correspondentes e parceiros fixos fazem parte do conceito da Advocacia em Rede que se consolidou na produção jurídica brasileira, entenda mais.

Como a Advocacia em Rede surgiu

A Advocacia em rede começou com as super bancas corporativas, que na década de 1990 tiveram uma injeção de caixa gigantesco no Brasil, devido a abertura da economia para empresas multinacionais e bancos, e a disseminação dos Juizados Especiais Cíveis em todo Brasil.

Neste período, com muito dinheiro em caixa, essas bancas abriram filiais em quase todas as capitais, contratando advogados, e suportando enormes folhas de pagamento.

Porém, nos anos 2000 a situação financeira mudou.

As empresas pressionaram renegociações de contratos e redução dos honorários por processos, além de haver um crescimento imenso da população de advogados.

Por estas condições e outras surgiu e se desenvolveu a advocacia de correspondência, algo inexistente ou irrelevante no mundo, mas que tomou proporções imensas e ocupa lugar fundamental na advocacia brasileira atual.

E mais recentemente, os escritórios digitais que atuam fora do setor corporativo, e prospectam clientes do Brasil todo, utilizaram essa estratégia para viabilizar a advocacia na internet.

A ADVBOX tornou possível o compartilhamento de processos, entre diferentes contas do software, e nas versões Banca Max e Elite concede aos escritórios contas acessórias gratuitas para gerenciar filiais ou conceder a parceiros permanentes.

Como se favorecer com a Advocacia em Rede

Escritórios grandes e médios contratam correspondentes cada vez mais, e mais recentemente com a hegemonia dos processos eletrônicos, passaram a contratar freelancers para atuação processual a fim de equilibrar a folha com a demanda do escritório.

Para os escritórios que contratam o ideal é manter de 30% a 40% da folha terceirizada sob demanda dependendo da área do Direito, podendo ser menos caso a complexidade dos processos em estoque seja maior.

Para os advogados correspondentes e freelancers é vantajoso pois há total liberdade de organização e horários, sem exclusividade para um determinado escritório e permitindo a atuação em casos próprios. Assim, é possível garantir uma renda fixa e também ter processos próprios com expectativa de honorários maiores, nos quais o advogado pode se especializar.

Montar uma Rede de Filiais

Escritórios médios estão conseguindo crescer com os custos controlados com a seguinte estratégia:

O escritório-sede cria uma retaguarda de produção jurídica forte e qualificada, com controladoria jurídica completa e advogados especializados. Na sede, se controlam todos os prazos, em processos de todo o Brasil.

As filiais são abertas em diversas outras cidades, a fim de prestar o atendimento aos clientes que preferem o atendimento presencial, e estas filiais focam apenas no relacionamento com clientes e fechamento de contratos. A despesa nessas filiais é baixíssima, pois não exige espaço físico, e os envolvidos focam no relacionamento com os clientes em tempo integral.

O controle dos processos por filial tende a se tornar complexo e difícil rapidamente, mas com a ADVBOX os escritórios possuem um menu exclusivo para gerenciar as filiais e parceiros, compartilhando tarefas e documentos entre contras diferentes.

Antes, somente contratando desenvolvimento próprio os escritórios tinham essa função, com custos que ultrapassavam cinquenta mil reais. Agora, esta tecnologia está disponível a um preço justo.

Criar uma rede de freelancers e correspondentes

Os escritórios médios e grandes estão construindo redes de profissionais favoritos, mas o gerenciamento desta rede também vai se tornando complexa.

Há no mercado ótimas plataformas de contratação de correspondentes, mas com a funcionalidade voltada somente na tarefa específica, a atribuição da tarefa, envio de documentos, processo de pagamento e confirmação da conclusão acaba sendo um processo demorado e cansativo.

Com os profissionais favoritos e de confiança, os escritórios que utilizam ADVBOX conseguem compartilhar o processo com 1 clique, e dar acesso aos documentos e andamentos internos, facilitando e agilizando em 140% a produtividade neste procedimento.

Este ganho de produtividade multiplicado por 50, 100 ou 200 tarefas no mês representa uma economia de tempo e dinheiro considerável, resultando em retorno financeiro para o escritório.

 

Prestar serviço como freelancer ou correspondente para vários escritórios

A prestação de serviços de freelancers ou correspondentes é uma ótima fonte de renda para a advocacia, apesar das críticas, muito advindas da “Quarterização” (sim, a terceirização da terceirização).

Primeiro porque o contratante sabe especificamente o que tem que ser feito e informa a tarefa com detalhamento, não há necessidade de “investir tempo” no atendimento, na manutenção de espaços e no relacionamento com o cliente.

Segundo, porque é um trabalho com retorno imediato, e permite cobrir os custos da advocacia desde o início, para quem quer montar escritório próprio.

Terceiro, porque mesmo com os processos eletrônicos e audiências virtuais, os escritórios estão contratando cada vez mais o trabalho terceirizado, especialmente os advogados com baixa maturidade digital que se complicam com mudanças de plataformas.

As audiências por exemplo tem variado do Zoom, para o Meet, para o Whereby e outras, pois não há uma regulamentação para os tribunais. O mesmo tem acontecido com petições iniciais, diligências remotas e outras atividades.

São inúmeras situações que podem trazer ótimos resultados profissionais e financeiros, especialmente se o advogado consegue fechar os contratos diretamente com o escritório, evitando intermediários.

Recomendamos para os colegas que se interessam no tema seguir a Maria Fernanda Torrano no perfil “Correspondente de Alta Performance” no instagram. Segue o link: https://www.instagram.com/mariafernanda.torrano/

 

 

 

 

 

Eduardo Koetz, fundador da ADVBOX

Especialista em Gestão de Escritórios de Advocacia e CEO da ADVBOX


Eduardo Koetz

Especialista em Gestão de Escritórios de Advocacia e CEO da ADVBOX

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *