O ESCRITÓRIO COMO EMPRESA ESCALÁVEL

O livro digital Otimizado desvenda para você o modelo de produzir o serviço jurídico que permitiu o crescimento gigantesco da advocacia brasileira.

Será possível aplicar no seu escritório?

SAIBA MAIS SOBRE A HISTÓRIA INOVADORA DE EDUARDO KOETZ

Livro digital

Masterclass

Livro Digital + Masterclass

Sumário

Introdução: O Escritório de Advocacia como Empresa ………. 7

Propósito da advocacia e organização empresarial ………. 12

PARTE 1 – A MATÉRIA PRIMA DA ADVOCACIA ………. 14

Problema individual repetitivo ………. 15

Os tipos de problemas individuais e as grandes áreas do Direito ………. 16

O problema individual em escala na era digital ………. 19

Pretensão resistida em escala e criação de mercado jurídico ………. 21

Diferenciação entre o indivíduo, o problema jurídico individual e a sua redução em dados ………. 22

 Indivisibilidade do problema jurídico do indivíduo e humanização da advocacia ………. 23

Volume de matéria prima: onde prospectar ………. 25

PARTE 2 – FASES DA ROTAÇÃO DO CAPITAL NO SERVIÇO JURÍDICO ………. 28

O capital adiantado (capital inicial) ………. 30

Primeira fase: Prospecção de matéria prima ………. 31

Segunda fase: Processo de produção jurídica ………. 36

Período de produção, períodos de interrupção e períodos de trabalho ………. 38

Períodos de trabalho: trabalho útil e trabalho ocioso ………. 38

Períodos de interrupção ………. 40

As fases do período de produção do serviço jurídico ………. 48

Safras mensais de processos ………. 49

Velocidade da produção e lucratividade do escritório ………. 50

Terceira fase: Troca do produto jurídico por dinheiro ……….51

Problemas comuns na execução e cobrança ………. 53

A relevância do tempo de conclusão da execução ………. 54

Tempo para transformação em dinheiro e custo da mão de obra empregada ………. 56

O Fundo de reserva ………. 57

Consumo do fundo de reserva e paralisia da produção ………. 58

Diferença do pagamento pelo próprio trabalho e lucratividade ………. 60

Remuneração como advogado atuante ………. 60

Como sócio proprietário ………. 61

Ritmo de crescimento e investimento em trabalho ………. 63

Como se remunerar pelo capital investido: desfrutar ou manter o crescimento do escritório ………. 64

Retirada maior que o necessário para reposição ………. 66

Retirada igual ao valor que exceder o necessário para a reposição ………. 66

Reposição com acréscimo ………. 67

É possível escalar um escritório de advocacia? ………. 67

Prospecção de novos problemas jurídicos e continuidade do processo de produção ………. 68

Formação de estoques de processos sob mentiras, omissões ou verdades ………. 70

Processos baseados em mentiras não são escaláveis ………. 72

Gestão da qualidade em escritórios ………. 73

PARTE 3 – TRÊS ESTOQUES DA PRODUÇÃO JURIDICA ………. 75

Estoque de reserva ………. 77

 Estoque produtivo ………. 79

Perecimento da matéria prima ………. 80

Forças contrárias ………. 81

Estoque de produto acabado ………. 83

Valor global de um escritório de advocacia e estoques ………. 87

Demandas de resolução rápida e ingresso antecipado de receita ………. 88

PARTE 4 – ESTRUTURA DE CUSTOS ………. 89

Capital fixo ………. 90

Capital circulante/custos constantes ………. 91

Capital circulante /Folha de pagamento (variável) ………. 91

Comparativo de estruturas de custos em escritórios – Capital Fixo ………. 95

Estrutura de custos de capital variável – folha de pagamento ………. 96

Gerenciamento de estoques e gerenciamento da ondulação de tarefas ………. 97

Criação de pequenos estoques de tarefas individuais ………. 99

O maior problema de crescimento de um escritório: a capacidade do gestor compreender de onde vem a lucratividade ………. 102

Honorários advocatícios contratados, mais-valia e lucro ………. 103

A produtividade da equipe e a mais-valia do escritório ………. 108

Mais-valia, Lucro e taxa média de lucro ………. 113

Relevância de parte da mão de obra externa a equipe (terceirização parcial) ………. 115

PARTE 5 – O CAPITAL CONSTANTE NA ADVOCACIA (Máquinas, softwares, móveis e imóveis e materiais) ………. 117

A internet e o processo eletrônico ………. 118

Móveis e imóveis ………. 119

Softwares jurídicos e outros tipos de softwares ………. 119

Softwares para a produção jurídica ………. 120

Versionamento ………. 121

Softwares para a prospecção de clientes ………. 122

Softwares de cálculos judiciais e busca de informações ………. 123

Ferramentas de investigação: coleta de provas e enriquecimento de matéria prima ………. 123

Inteligência Artificial na Advocacia ………. 125

Fluxo de informação como elemento de desempenho do processo produtivo ………. 128

Relação do Capital Constante e da Força de Trabalho empregada ………. 129

Eficiência dos meios de produção e volume da Força de Trabalho empregada ………. 129

PARTE 6 – VALOR, PREÇO E MARGEM DO SERVIÇO JURIDICO ………. 131

Diferença de Preço e Valor ………. 132

Valor, margem e variações do produto do trabalho jurídico ………. 134

A margem em honorários pré-pagos, parcelados, ao final e de risco ………. 135

A realização da margem através do preço ………. 136

Influência da Lei nas definições de preços de serviços jurídicos ………. 138

Influência do Judiciário nas definições de preços de serviços jurídicos ………. 138

A influência das condenações inferiores sobre a receita do Estado ………. 141

PARTE 7 – RECURSOS HUMANOS NO SERVIÇO JURÍDICO ………. 143

Valorização do trabalho através do aumento da intensidade do trabalho ………. 145

Como implantar gestão com pontuação por tarefas – taskscore – no escritório ………. 146

Valorização do trabalho através do aumento da qualidade do trabalho ………. 153

Divisão do trabalho no serviço jurídico ………. 155

O trabalho manual na advocacia ………. 157

O trabalho intelectual pragmático ………. 158

O trabalho intelectual teórico ………. 160

Aumento simultâneo do lucro com aumento do salário – como fazer ………. 161

A comunicação multidirecional como metodologia ágil da advocacia ………. 163

Tendências atuais do capitalismo sobre a força de trabalho jurídica ………. 165

Advocacia Artesanal no presente ………. 167

Advocacia artesanal com alta tecnologia ………. 169

Como a advocacia artesanal entra em colapso ………. 169

PARTE 8 – GESTÃO BASEADA EM DADOS E VALUATION ………. 170

As principais métricas de gestão da advocacia ………. 171

O Conceito de mercantilização da advocacia ………. 172

Como inovar na advocacia com eficácia ………. 174

Conclusão ………. 176

Livro digital

O Livro Otimizado expõe também como a advocacia perdeu o seu fator humano, sendo transformada em mero produto mercantil repetível e escalável.

Um livro de impacto e reflexão, ao mesmo tempo que ensina a escalar, convida o leitor a refletir: este é o mesmo caminho que nós advogados devemos trilhar?

Masterclass

Para complementar o autor gravou uma masterclass onde aborda questões atuais dos escritórios de advocacia e ensina o processo de criação de um produto jurídico humano e sensível aos problemas, trazendo um passo a passo da inovação na advocacia, conhecimento que o autor, mais que ninguém, possui autoridade para ensinar.

Livro digital + Masterclass

DEPOIMENTOS