Em parceria com Advogados de todo Brasil, a ADVBOX segue a divulgação de artigos de advogados em nosso Blog!

Desta vez, o colunista é o Advogado Ricardo Reis, que vai falar sobre sobre o que os escritórios precisam fazer para preservar talentos em equipes jurídicas.

Ricardo é Advogado, Árbitro da Primeira Câmara de Arbitragem de Rio Verde-GO, Membro da Comissão de Prerrogativas da OAB Rio Verde-GO. Idealizador do site www.rrdireito.com.br e colunista dos sites www.avisourgente.com.br e www.avirtual.com.br.

 

Boa leitura!


O escritório para ter grandes resultados, precisam manter os colaboradores que realmente geram retorno. Vou citar algumas atitudes comuns de gestores de escritórios de advocacia que, com certeza, preservam a coesão da equipe

.

Primeiramente, sem dúvidas, não só um gestor de um escritório de advocacia, mas de qualquer outro segmento deve elogiar a sua equipe, maximizar os acertos e minimizar os erros.

 

Um grande líder deve exagerar nos elogios, principalmente em público, e ser diminuto nas críticas, que sempre deverão ser feitas de forma reservada e discreta.

 

Outra característica típica daqueles que conseguem manter a sua equipe unida e trabalhando com total empenho é a capacidade de motivar.

 

O objetivo da sua talentosa equipe deve ser maior do que pagar as contas no final do mês. Eles devem ser motivados de forma a entender que fazem parte de um grande organismo dedicado a um objetivo de igual proporção.

 

No caso do escritório de advocacia, entendo que o objetivo principal é o bem estar do cliente, é criar uma experiência única e especial para ele, que o impeça de cogitar procurar ou indicar outro escritório.

 

Tenho ainda como um fator de suma importância para manter a equipe e por desdobramento os talentos do escritório, a manutenção de um ambiente de trabalho saudável.

 

A equipe deve ter prazer e vontade de, todos os dias, sair de casa para trabalhar conjuntamente, de modo que a pressão por acertos existente deve ser de todos, inclusive do líder. Devem ser compartilhados acertos e erros.

 

Outro ponto fundamental para manter os talentos no escritório de advocacia é ouvi-los. Eles devem ter certeza que são ouvidos pelos seus colegas de trabalho e principalmente pelo seu líder.

 

Eles devem ter certeza que as suas opiniões não são só ouvidas, mas consideradas na hora das tomadas de decisões. Todos devem ter certeza da sua importância para a equipe.

 

Algumas medidas de motivação que o escritório pode gratificar sua equipe é controlando os colaboradores através de um sistema de gestão por tarefa. Assim o gestor do escritório pode conceder benefícios que motivem ainda mais o colaborador que se empenhou e gerou resultados para o escritório.

 

Por fim, é importante que o escritório tenha um plano de carreira que dê certeza aos seus talentos de que eles conseguirão em certo momento profissional atingir uma estabilidade financeira, hábil a dar conforto a eles e seus familiares.

 

O “pão” deve ser dividido de forma justa e respeitosa, até porque um grande talento, em regra, sabe do seu potencial e valor.

 

Assim, acredito que não obstante outras condutas, as elencadas acima são indispensáveis, não só para manter um grande talento no seu time de advogados, mas principalmente, para desenvolvê-lo, pois muitas vezes grandes habilidades ficam encapsuladas por bloqueios criativos decorrentes de um ambiente de trabalho inapto.

 



 

E aí, o que achou do artigo? Deixe seu comentário abaixo!

 


Ricardo Reis

Advogado e empresário, árbitro da Primeira Câmara de Arbitragem de Rio Verde- GO. Idealizador do site www.rrdireito.com.br e colunista dos sites www.avisourgente.com.br, www.avirtual.com.br e www.rioverdeagora.com.br

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *