Texto por Nicole Borja, vencedora do da categoria “Marketing Jurídico Digital” do Concurso de Artigos ADVBOX 2018.

Nicole participou, concomitantemente, do processo seletivo para se tornar uma ADVBOXER. Com a qualidade das habilidades apresentadas no concurso e na seleção, Nicole hoje compõe o time de mentorias de marketing jurídico digital.

Inbound Marketing: breve análise voltada aos jovens advogados

A  cada dia que passa, a advocacia tem se mostrado uma profissão mais competitiva, com um mercado que infla a cada novos recém graduados. Para aqueles que estão se inserindo no meio jurídico como advogados é difícil encontrar espaço e conquistar uma cartela de clientes que seja fiel e, ao mesmo tempo, traga-lhes retorno financeiro.

Aliado a esses fatores está o Código de Ética da OAB, que deixa claro que o ganho material não pode ultrapassar a finalidade social do trabalho do profissional do direito. Mais explícito ainda é o artigo 5º deste mesmo Código, ao referir que o “exercício  da advocacia é incompatível com qualquer procedimento de mercantilização”.

 

Levando em consideração os itens acima, como o profissional recém iniciado na advocacia conseguirá introdução no seu nicho de trabalho? Na área que ele quer atuar?

 

Embora seja uma pergunta com amplas respostas, pode-se focar em uma opção específica: marketing jurídico, e, como consequência, inbound marketing.

 

O marketing jurídico é importante instrumento de empreendedorismo, que, uma vez alinhado aos escritórios de advocacia, é capaz de modernizar a forma como o Direito é levado à sociedade. Por sua vez, o inbound marketing é um conceito novo, que possui estratégia arrojada, por meio da qual o cliente é quem procura a empresa, e não o contrário, como era feito até então.

 

O Inbound Marketing é um método do Marketing Digital, que visa a aproximação do cliente e da marca por meio da produção de conteúdo de qualidade pela última, pretendendo, a partir dai, influenciar em cada etapa da escolha feita pelo possível futuro cliente. O engajamento do público-alvo em cada publicação online será muito valioso para a criação e fortalecimento da relação entre o escritório e o público.

 

Trazendo para a ótica dos Jovens Advogados, o Inbound Marketing ajudará a definir quem são as pessoas realmente interessadas no seu trabalho e quem são as pessoas que estão “somente de passagem”. O primeiro passo a ser tomado é a criação de um site para divulgação das atividades do novo advogado. Frisa-se que essa divulgação deve ser meramente informativa, única finalidade aceita pelo Código de Ética, conforme o artigo 28.

 

Neste sentido, com o site pronto, o profissional deve ocupar-se com a produção constante de conteúdo de qualidade (artigo, vídeo, podcast, etc), que o torne referência em determinado assunto. Como a ideia é atrair mais visitantes, tal conteúdo deve ser frequentemente promovido em ferramentas de buscas (Google), bem como em redes sociais (páginas no Facebook, Instagram, etc), fomentando comentários e participações populares, a fim de que o advogado seja encontrado pelas pessoas, e não o contrário. Elas acessarão o site e os conteúdos de forma espontânea, por sua própria vontade.

 

A partir do momento em que o visitante do site encontra o conteúdo, o objetivo será transformá-lo em uma oportunidade de negócio. Dessa forma, o site deverá direcioná-lo para a próxima ação, que estará vinculada ao conteúdo acessado, mediante cadastro para recebimento de mais informações. Por exemplo, um escritório focado em Direito Tributário poderá produzir um texto explicando a possibilidade de revisão do IPTU do município X, e, como próxima ação, pode disponibilizar, via e-mail, planilha do Excel que seja capaz de calcular os valores a partir das informações que o visitante prestar.

 

Perceba: no exemplo acima, o escritório está fornecendo uma informação. Não existe a captação de cliente, pois o site não condiciona a disponibilização da planilha ao ajuizamento da ação com algum de seus advogados. Entretanto, o simples fato de o visitante saber que o escritório elaborou o documento, passa a ideia de especialidade e conhecimento sobre o tema.

 

Seguindo o método, a partir do momento em que houve o aumento de acessos ao site e cadastro para recebimento de materiais, convertendo-se os visitantes em “leads” (pessoas interessadas, identificadas como as que participam ativamente das publicações e que acessam os materiais disponibilizados), o escritório poderá realizar e-mail marketing direcionado para os assuntos que o visitante acessou, bem como segmentação desses leads, entre outras formas que reforcem o relacionamento “advogado-visitante”.

 

Uma vez que essa metodologia esteja fluindo, a tendência é que, aos poucos, o número de reais interessados no trabalho jurídico do advogado e que efetivamente o procurarão, aumente, ao passo que os visitantes ocasionais, que se contentam meramente com o conteúdo inicial, diminuam.

 

Resta deixar claro que não existe forma milagrosa para que os clientes certos comecem a aparecer, mas sim mecanismos que, conjuntamente aos preceitos de ética do Direito, auxiliam na formação da relação do advogado com a sociedade. Por fim, vale lembrar que a tecnologia e o Direito devem andar lado a lado, a fim de que um se beneficie do outro e de que, juntos, contribuam para a evolução do nosso meio social.

 

Bibliografia:

Site: https://www.oab.org.br/visualizador/19/codigo-de-etica-e-disciplina. Acessado em 18/07/2018

Site: https://marketingdeconteudo.com/livro-inbound-marketing/. Acessado em 15/07/2018

Site: https://resultadosdigitais.com.br/inbound-marketing/. Acessado em 15/07/2018

Site: https://br.hubspot.com/blog/marketing/a-diferenca-entre-inbound-marketing-e-marketing-digital. Acessado em 15/07/2018

Nicole Borja Mellos, Advogada inscrita na OAB/SC 49.692-B, formada pela Universidade de Caxias do Sul.


Katiussa Bitencourt

Katiussa Bitencourt é Jornalista formada pela UNISINOS, Pós graduada em Marketing Digital e especialista em marketing jurídico e político, sendo head das consultorias de marketing digital da ADVBOX e premiada juntamente com a Equipe ADVBOX Consultorias como Agência de Resultados  2018 pela Resultados Digitais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *