Tempo de leitura 3 Minutos

2018 será o ano em que a Advocacia Previdenciária viverá uma das suas maiores transformações digitais, desde a época em que a Dataprev criou o CNIS, o PRISMA, o PLENUS e outros sistemas de gestão e informação internos ao INSS, provocando uma mudança violenta de paradigmas nos processos previdenciários administrativos. Esse processo de digitalização do órgão previdenciário deu origem ao INSS Digital.

Smartphone com a tela exibindo o logotipo da Previdência social. Na parte inferior da tela, há o logotipo do INSS em azul. O smartphone está sendo segurado por alguém que está acessando o INSS digital pela internet.

A normativa da Previdência Social de utilização do INSS Digital comprova que todos os novos processos previdenciários terão ingresso por essa ferramenta e que o servidor que analisará o direito ao benefício não será jamais o mesmo que o servidor que realizou o protocolo da documentação e do requerimento.

Está ai uma mudança fundamental que irá melhorar imensamente o atendimento e reduzir fortemente a corrupção que vive rondando a Previdência Social. Os “esquemas de facilitação” na concessão de benefícios ou a manipulação do prazo de concessão ou indeferimento praticamente terá fim. Ou, ao menos, se tornará muito mais difícil.

Isso porque funcionários do balcão do INSS, advogados, membros de associações civis credenciadas, Prefeituras, sindicatos ou outras entidades, irão ter acesso ao mesmo sistema para protocolo dos pedidos de benefícios. Mas esse sistema não permite qualquer conclusão acerca da decisão sobre o pleito, tornando muito mais impessoal, o que é ótimo.

Entretanto, cumpre salientar que, com o INSS digital, o AGENDAMENTO não irá mais existir. Pois o segurado ou o advogado não precisarão mais ir até a agência do INSS e, portanto, é necessário que ingressem com o requerimento do benefício diretamente no sistema do INSS DIGITAL para que seja computada a DER (Data de Entrada do Requerimento).

Mas deve ter muito cuidado e ser muito mais ágil do que antes.

O INSS está utilizando de forma recorrente ao julgamento do STF que definiu as regras sobre a exigência do prévio requerimento administrativo no âmbito judicial.

Os indeferimentos, por falta de documentação, estão cada vez mais comuns na esfera administrativa. Logo, é necessário estar atento a todo e qualquer pedido secundário, além do requerimento principal, que é o pedido do benefício.

Ou seja, cada documento questionado ou não como uma anotação rasurada na CTPS, por exemplo, ou um PPP que não tenha uma informação essencial, deve ser apontada pelo próprio advogado, comprovada e justificada diretamente no processo administrativo.

Para fazer isso com qualidade e evitar retrabalho e problemas futuros, é preciso que os advogados previdenciários atuem na coleta de provas, e tenham conhecimento aprofundado sobre questões técnicas de segurança e medicina do trabalho. Além de ter uma equipe dentro do escritório eficiente na produção probatória.

Adotar ferramentas digitais essenciais para agilizar o fluxo de trabalho também é uma questão importante para que os escritórios previdenciários consigam crescer e não  fiquem limitados, ocupando o tempo precioso dos profissionais mais sêniors com problemas operacionais simples.

A ADVBOX contribui muito para a segurança e organização do fluxo de trabalho e de processos administrativos. Incluindo funcionalidades únicas para o planejamento de tarefas de clientes futuros e atividades futuras.

Assim, há como fazer o registro de clientes que irão completar o tempo de contribuição daqui a meses. E a AdvBox irá avisar na data programada para que o escritório entre em contato com o cliente e não atrase a Data de Entrada do Requerimento (DER) que todos os advogados previdenciários sabem que resulta diretamente em dinheiro no bolso do seu cliente e do escritório.

Por isso, para o advogado previdenciário que atua sozinho ou com uma equipe de mais uma ou duas pessoas, a ADVBOX tem funções muito importantes para fazer seu trabalho render em média de 240 a 310% a mais que fazendo controles em planilhas.

Já para escritórios médios e grandes, as funções de gestão de equipes e de fluxo de trabalho permitem um crescimento exponencial do volume de processos, sem a preocupação de perder qualquer tarefa importante.

Abra uma conta na versão gratuita da ADVBOX para conhecer nossa plataforma. Leva menos de 1 minuto e você terá acesso permanente a ela sem custo nenhum. Depois, quando tiver um pouco mais livre de tempo, ative o período de teste e marque uma demonstração da versão paga. Você vai se surpreender com o que a ADVBOX pode fazer por você!

 


Alan Vital

Alan Vital é Advogado e Programador Front End, com Pós graduação em Direito Digital e Compliance, especialista em Marketing Jurídico e Gestão de Escritórios Digitais, além de membro de comissões da OAB e da Jovem Advocacia. Consultor da ADVBOX.

[Infográfico]
[Infográfico]
[Ebook Gratuito]
[Ebook Gratuito]