fbpx

Certamente sua escolha por cursar Direito teve um motivo em especial. Conectar as pessoas com seus direitos e fazer a justiça acontecer para todos de forma uniforme. Como estudante, você deve ter se deparado com alguma área do direito na qual despertou mais atenção. Seja pelos professores que  tinha ou pelo conteúdo que aguçou  seu interesse pela área.

Escolher uma profissão não é uma tarefa fácil. Assim, levamos em consideração habilidades, interesses, valores e outros fatores pelos quais possuímos maior afinidade para exerce tal carreira.

Um advogado com um notebook na mão saltando com um céu azul de paisagem ao fundo. Representa a satisfação do advogado ao trabalhar na área do direito que realmente gosta

Experiências com estágios e conversas com advogados foram fazendo você conhecer mais da realidade de cada área do Direito. Seja pela demanda de trabalho ou pelo retorno financeiro.

Essa situação provavelmente colocou você em um ponto de decisão para escolher o rumo da sua carreira como Advogado. Escolher atuar onde realmente gosta ou optar por outra área, com maior retorno financeiro, mesmo contrariando o seu sentimento.

Escolhendo uma Área do Direito para atuação

Todo esse cenário, no qual somos obrigados a passar, muitas vezes nos induz para uma decisão equivocada. Assim, primeiramente visamos o resultado financeiro, mesmo que atuando em múltiplas áreas, pois quanto antes for esse retorno, melhor.

Porém esse tipo de atuação, de forma generalista em múltiplas áreas do Direito, cria um quadro que se torna crítico a longo prazo, necessitando de uma equipe com conhecimento básico em cada campo de atuação, múltiplos fluxos de trabalho e o principal ponto.

A falta de planejamento a longo prazo, faz com que esse seja o caminho trilhado por muitos advogados. Entretanto, se olharmos para outros mercados veremos que nos últimos 10 anos a hiperespecialização sobressaiu. Ela vem tomando conta cada vez mais dos diversos segmentos de serviços, e para a advocacia não é diferente.

Hiperespecialização em uma área do Direito

As novas formas de comunicação da internet foram mudando as relações entre os diversos segmentos da cadeia de consumo.

A grande variação no formato em que informações estão disponíveis, muitas vezes geram insegurança por parte do consumidor. Isso porque a veracidade de tal demanda não pode ser comprovada a todo instante.

A busca constante por especialistas é um movimento natural por quem procura resolver algum problema. Ser autoridade em tal assunto, reconhecido pelo trabalho prestado, são condições relevantes para um cenário de hiperespecialização.

Os recursos que possibilitam o desenvolvimento de um trabalho com foco na hiperespecialização para os advogados são extremamente restritos. O código de ética da OAB veta qualquer tipo de publicidade paga ou que possuam um apelo comercial para a captação de clientes.

O único meio permitido para que os advogados possam desenvolver um trabalho hiperespecializado é através do marketing jurídico digital, criando conteúdos como forma de educar, informar e disponibilizar informações relevantes para quem possui interesse por seu trabalho.

O Marketing jurídico

Se tornar autoridade em uma área em específico demanda tempo, dedicação, e muito trabalho. Você precisará criar os conteúdos, pensar na jornada como cliente e analisar as prioridades.

Muito mais do que poder desenvolver um trabalho hiperespecializado, o Marketing Jurídico Digital, permite que você desenvolva conteúdos para que população possa conhecer de forma clara, quais são seus reais direitos perante um problema ou situação que precisam resolver.

A metodologia usada para tal construção, além de simples e eficaz, respeita os limites do Código de Ética da OAB. Dessa forma, você poderá construir sua imagem como advogado especialista e será conhecido na sua cidade ou região pelo trabalho que desenvolve, fazendo jus a escolha pela profissão de Advogado, ajudando pessoas a se conectarem com seus direitos.

Banner para clicar e fazer download gratuito de material sobre liberdade profissional para advogados


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *