Tempo de leitura 3 Minutos

Suits é um seriado norte americano que trata de drama legal via streaming na Netflix. O seriado conta de casos jurídicos que são sempre bem resolvidos.

O enredo do seriado é voltado para dois personagens:


Michael “Mike” Ross é um garoto com uma grande inteligência, mas que não conseguiu se formar em direito, por vender uma prova de matemática para a filha do reitor.

 

 

 

Harvey Specter é um dos advogados mais bem-sucedido e reconhecido de Nova York. Ele possui o grande dom de negociar.

 

 

Vamos falar sobre as lições de advocacia que aprendemos com Suits (veja abaixo o trailer da série):

1. O diferencial se destaca sempre!

Mike e Harvey são advogados que usam sua inteligência para ganhar, o que faz que eles pensem fora do comum, pensem fora da caixa. Pensar fora da caixa é ir em busca de inovações e soluções diferentes para os problemas.

Indica para sair do óbvio, do lugar comum e abrir-se a testar alternativas novas e que, muitas vezes, fogem totalmente do tradicional. O sucesso é resultado da ligação de ações positivas e agregadoras.

2. Crie e mantenha laços estratégicos!

O seriado Suits nos mostra como a união de várias pessoas em uma mesma direção tem como consequência a conclusão do objetivo. A ideia de laço estratégico na advocacia envolve um trabalho em comum, a junção de áreas diferentes como marketing, financeiro e o RH e áreas iguais por um só objetivo.

O apoio mútuo é importante para qualquer atividade no mundo profissional, trazendo o crescimento de toda uma equipe como um grupo coeso, oferecendo possibilidades de progresso para todo e qualquer profissional.

3. Primeira impressão importa muito!

É a maneira que as pessoas vão lembrar de você. Os cuidados com a aparência são vistos desde o primeiro episódio da série. Pode parecer leviano, mas a boa apresentação é um dos pontos mais importantes para ganhar a confiança e a simpatia dos clientes.

Mostrar-se elegante e bem vestido, mesmo que não seja com roupas de marca, pode fazer toda a diferença na hora de encontrar um cliente. A maneira de se vestir passa a primeira visão sobre nossa postura e nosso comportamento no ambiente profissional.

4. Sempre resolva os problemas!

Em todos os episódios de Suits aparecem problemas a serem resolvidos. Podem ser complicados ao extremo, mas sempre são solucionados.

Ao tentar solucionar o problema, temos que nos empenharmos para aprender mais sobre o assunto e encontrar estratégias de acordo com a solução. Não mire no problema, crie a solução!

5. A arte do acordo!

Harvey é visto como um dos melhores advogados da cidade de Manhattan, por ser um admirável “closer” – ou seja, alguém que faz muitos acordos – e não somente por ganhar no tribunal.

Muitas vezes é melhor fazer acordo para evitar o constante desgaste do cliente e também de uma espera que pode levar anos. Mas, então, deve-se fazer acordos a todo modo? Não. Ao analisar Harvey Specter e Mike Ross trabalhando juntos, é fácil perceber que não é só chegar até a parte oposta da desavença e oferecer um acordo. É necessário averiguar o caso, se preparar, estimar as chances que seu cliente teria de vencer a causa se ela fosse para o Judiciário, reunir provas.

O advogado tem que pensar em todas as estratégias viáveis e fazer uma espécie de organização por ordem de preferência de quais as melhores opções.

E quem disse que não aprendemos nada com seriados? Suits é uma bela e divertida forma de exercitar criatividade e pensar sobre estratégias na nossa amada advocacia.

Você está esperando o que para fazer uma advocacia melhor? Inicie hoje essa mudança!

 


Alan Vital

Alan Vital é Advogado e Programador Front End, com Pós graduação em Direito Digital e Compliance, especialista em Marketing Jurídico e Gestão de Escritórios Digitais, além de membro de comissões da OAB e da Jovem Advocacia. Consultor da ADVBOX.

[Infográfico]
[Infográfico]
[Ebook Gratuito]
[Ebook Gratuito]