fbpx

Quem busca exercer sua profissão da melhor maneira possível se debruça sobre o estudo de matérias, de inovações e de técnicas que possam aprimorar suas habilidades. Acima de tudo, busca conhecimento que traga resultados concretos, melhorando sua produtividade e a percepção do seu negócio pelo mercado. E isso não é diferente quando se busca tornar mais eficiente o trabalho do advogado.

Aqui na AdvBox temos princípios que caminham lado a lado com essa mentalidade. Olhamos para o futuro da advocacia com a vontade de que ela se torne um universo de trabalho inovador, ágil e focado em alta performance.

Por isso, explicamos nesse texto os princípios que regem essa visão, os quais proporcionaram resultados e reconhecimento para profissionais do direito.

1. Hiperespecialização

Já é comum a prática de uma advocacia especializada. Porém, com a universalização do acesso ao ensino superior se formaram inúmeros advogados nos últimos anos, aumentando a concorrência e exigindo mais. Dados do exame da ordem contabilizam quase um milhão de profissionais registrados no país.

A hiperespecialização se mostra um diferencial quase indispensável. Nesse contexto, tratar de Direito Tributário, por exemplo, é generalista demais. Seria necessário encontrar algumas teses específicas para se aprofundar. Assim, o advogado passa a ser referência e maior será o número de clientes que o contratará.

No entanto, é importante salientar que advogados os quais atuem em pequenas cidades, de até 15 mil habitantes, não precisam se preocupar com isso, pois não haveria demanda suficiente para hiperespecialização.

2. Fragmentação do trabalho do advogado

O segundo item da metodologia que pode lhe transformar em um advogado mais eficiente é a fragmentação do trabalho.

Atualmente a maioria dos escritórios possui a ideia de que um processo pertence a um único advogado. Isso gera uma série de problemas. Primeiro porque sobrecarrega o advogado com atividades que poderiam ser facilmente delegadas aos estagiários. Segundo, porque ao final da ação, quando precisa dividir os honorários entre os sócios, há uma sensação de injustiça. Afinal, você teve todo o trabalho, certo?

A solução seria fragmentar o trabalho do advogado em várias etapas. Administrativo seria responsabilidade de uma pessoa, cálculos de outra, atendimento, petições, encontrar jurisprudência, audiências, de outras. Enfim, cada etapa seria responsabilidade de uma pessoa diferente.

A fragmentação condiz também com a hiperespecialização, pois além de saber mais sobre determinados tipos de ações, o advogado seria especialista em determinadas etapas processuais.

3. Automação de relacionamento

Já comentamos aqui no blog quais são as melhores práticas de relacionamento entre escritórios de advocacia e seus clientes. Dentre elas está a automação de relacionamento. Automatizar o relacionamento enviando mensagens simples, que não necessitam de explicações complexas, é fundamental para fortalecer o elo com o cliente e a confiança que ele tem no seu escritório, além de “aliviar” a sua agenda.

4. Gestão de Processos Digitais

Com o aumento de tribunais virtuais viabilizando o andamento de processos inteiramente pela internet a digitalização deixa de ser apenas um diferencial e começa, aos poucos, a se tornar uma obrigação.

Assim, digitalizar documentos se tornou algo comum. Porém, o gerenciamento da documentação e de cadastros dos clientes como regra nem sempre é aplicado.

Centralizar os dados e documentos dos seus clientes em um sistema organizado, apropriado para a gestão, é um passo importante para acelerar tarefas e atendimento, além de evitar o constrangimento de não encontrar os dados dos clientes. É o fim da perda de documentações.

5. Atendimento virtual

O atendimento virtual conta muito para a melhor execução do trabalho do advogado. Você terá registro de todas as conversas com seus clientes, evitará que eles se desloquem até o escritório (o que colabora, inclusive, para o meio ambiente) e, algumas vezes, se decepcionem ao verificar que você não está lá.

Mas há ainda outra vantagem de ouro para realização de um trabalho com os melhores resultados: Você poderá ter mais foco.

Isso porque será possível se dedicar às suas tarefas inteiramente, sem interrupções longas ou, às vezes, desnecessárias. A utilização de canais de atendimento virtuais possibilita a realização do atendimento no melhor horário que você encontrar, ao mesmo tempo em que o cliente pode enviar suas dúvidas no melhor horário para ele.

Ainda, você poderá ter total foco para investigar as respostas e relembrar o caso do cliente. Dessa forma as respostas terão maior qualidade e seu trabalho de rotina não será prejudicado.

Com essas dicas você certamente obterá uma maior qualidade dentro do seu escritório. Conhece outras dicas que torna mais eficiente o trabalho do advogado? Então compartilhe conosco!


Alan Vital

Alan Vital é Advogado e Programador Front End, com Pós graduação em Direito Digital e Compliance, especialista em Marketing Jurídico e Gestão de Escritórios Digitais, além de membro de comissões da OAB e da Jovem Advocacia. Consultor da ADVBOX e proprietário e criador do Aplicativo AVALIAJUS.