Tempo de leitura 4 Minutos

As últimas décadas, marcadas pelo advento da era digital, trouxeram uma série de mudanças nas mais variadas áreas de trabalho. Muito em função das tecnologias atuais que proporcionam novos meios de produção e comunicação. Uma das novidades nesse contexto é o home office na advocacia.

Equipe em sala de reunião olhando com semblante desmotivado para gráficos em um quadro. Foto representa a transformação que o escritório home office na advocacia pode trazer

Algumas ferramentas disseminaram-se pela sociedade de tal forma que inclusive órgãos judiciais têm aderido aos meios tecnológicos. Funções relacionadas a gestão, logística e administração já estão sendo realizadas com o auxílio de softwares.

Além da entrada de novos meios no ambiente de trabalho, houveram mudanças nas concepções dos empregados e gestores de empresas. Estes passaram a considerar a produção por tarefas e a produtividade propriamente dita.  Assim, a cobrança exacerbada no controle de horários e na pressão em cima da equipe é abandonada.

Com isso, surge a possibilidade de implantar o home office na advocacia. A digitalização atual dos órgãos judiciais, bem como dos arquivos gerais e processos de trabalho do escritório, fornecem todo aparato necessário para realização de tarefas em casa.

Mas como implantar de fato o home office na advocacia? Quais os cuidados a serem tomados e quais os benefícios que ele fornece para o escritório?

Primeiramente, vale ressaltar que o home office integral em certos casos, como em escritórios de advocacia, não é a melhor opção. Isso porque acaba diminuindo o contato entre empresa e funcionários, bem como dos funcionários e gestores entre si.

Assim, para evitar tais complicações no fluxo de trabalho do escritório, o home office na advocacia, sendo parcial, entra como a alternativa ideal. Com ele se aproveita todos benefícios do home office, como aumento de produção, otimização do tempo e melhoria na qualidade de vida dos funcionários. Sem comprometer as interações e experiências entre as pessoas no ambiente de trabalho.

Sua implementação consiste em selecionar as tarefas possíveis de se realizar a distância e que exigem mais  aprofundamento individual. Petições iniciais, contestações, recursos e outras peças processuais são algumas das tarefas no home office para advogados.

A realização desses serviços em casa libera tempo para focar em problemas mais estruturais do dia a dia de trabalho.  O ensino jurídico, reuniões e treinamento da equipe, por exemplo, podem ser feitos com maior tempo e atenção.

Com essa divisão de tarefas, em função da economia de tempo, a produção cresce sem aumento de carga horária e sem o risco de sobrecarregar algum funcionário, criando assim uma rotina cada vez mais tranquila e gratificante para todos.

Contudo, para que a implementação funcione e contribua de fato pro aumento da produtividade do escritório, é necessário a digitalização de dados completa dos arquivos e um sistema por gestão de tarefas organizado e eficiente. Assim, a remuneração pelos serviços prestados em casa pode ser feita de forma justa e proporcional.

O escritório home office na advocacia e a produtividade

Basta buscar alguns relatos de grandes empresas que utilizam essa opção para descobrir o quão eficiente ela é.

Pesquisas em universidades e experiências em empresas de diferentes países derrubam a crença da ociosidade. Apenas reduzindo tempo e energia com deslocamento até o trabalho já se contribui bastante para a produtividade.

Além disso, também se ganha muito com a possibilidade de trabalhar no silêncio de casa, evitando distrações, desconfortos ou ambientes agitados. Tais condições de trabalho do escritório home office aumentam diretamente a produção individual e, consequentemente, coletiva.

Na verdade, um dos problemas maiores é a tendência a trabalhar demais

Contrariando a crença de que o home office abre espaço para a ociosidade, relatos de empresas de atuação mundial, como Trello, apontam que o home office pode causar fear of missing out (sensação de estar perdendo algum evento importante, neste caso, na empresa). Além disso, são identificados casos de ansiedade de informação e estresse por sobrecarga para compensar o fato de não trabalhar presencialmente.

Assim, para evitar esses problemas e não causar um colapso nas equipes remotas, além de manter o acompanhamento da produtividade para garantir bons índices de performance, a integração da comunicação e solicitação de tarefas deve acontecer de forma centralizada, através de um único canal que todos entendam e possam acompanhar.

Como implementar?

Isso é possível através da digitalização do escritório integrada a um software especializado à área, neste caso, uma plataforma de gestão de escritórios pensada também para o trabalho remoto. Assim é possível implementar escritório o home office e aproveitar todos os seus benefícios, além de prevenir eventuais problemas psicológicos causados pela necessidade de supercompensação dos colaboradores remotos.

Os problemas de desmotivação da equipe, tensão no ambiente de trabalho e produção estagnada passam a ser possíveis de desaparecer.

O escritório home office na advocacia e a qualidade de vida

Sabemos bem como não é fácil ser advogado e como a rotina dentro do escritório pode apresentar desafios. Com problemas de produtividade se repetindo no escritório, a desmotivação costuma a dar as caras, inclusive para o gestor.

O ambiente de trabalho e as relações entre os colegas podem acabar ficando turbulentas. Dessa forma, se compromete diretamente o bem estar coletivo, elemento tão decisivo para uma produtividade relevante e duradoura. E uma das soluções possíveis é o escritório home office.

Portanto o trabalho remoto torna a vida pessoal e profissional dos funcionários bem mais ajustada às suas necessidades. A sensação de imobilidade e desgaste é substituída por bons resultados, flexibilidade e possibilidade de equilibrar trabalho e vida pessoal.

Comece agora

ADVBOX fornece todos os elementos necessários para implementação do home office na advocacia parcial. Isso porque ele  integra os setores do escritório, oferece análise de desempenho, projeção de métricas e produção em rede. Assim, mais uma vez, ajudamos você a sair na frente aderindo às inovações do mercado de trabalho. Faça parte dessa transformação que vem mudando a vida de milhares de pessoas na atualidade.

 


Alan Vital

Alan Vital é Advogado e Programador Front End, com Pós graduação em Direito Digital e Compliance, especialista em Marketing Jurídico e Gestão de Escritórios Digitais, além de membro de comissões da OAB e da Jovem Advocacia. Consultor da ADVBOX.

[Infográfico]
[Infográfico]
[Ebook Gratuito]
[Ebook Gratuito]