gráfcios demonstrando os ganhos com os Serviços de controladoria
ADVBOX

Serviços de controladoria: a relação com a excelência do escritório frente aos concorrentes

Um escritório de advocacia que tem como objetivo crescer no mercado precisa considerar a implantação de serviços de controladoria. Por estarmos lidando com um setor tão competitivo, ter uma área olhando para a gestão e estratégia é fundamental. 

Aliás, se você está à frente de um escritório de advocacia e ainda não incluiu no seu planejamento os serviços de controladoria, esse é o momento. 

E, até mesmo se você já conta com esse setor, é importante ter em conta que as estratégias e visões da controladoria devem ser constantemente revisadas. 

Afinal, é função da área acompanhar o negócio como um todo. Um olhar voltado para a gestão, para o acompanhamento de metas e a conexão entre todos os times. 

Em resumo, o reflexo dos serviços de controladoria devem ser vistos nos resultados de satisfação do cliente. Afinal, toda a integração do escritório precisa resultar em clientes satisfeitos com um atendimento de excelência. 

Agora que você já entende a importância de um setor de controladoria para o seu negócio, vamos compreender como estruturar esses serviços. 

Continue a leitura desse post para compreender:

  • O que faz o serviço de controladoria;
  • O que ele representa para o escritório de advocacia;
  • Quem pode trabalhar com os serviços de controladoria;
  • Questões salariais do cargo de controller.

O que faz o serviço de controladoria?

Se você nunca esteve em um negócio que contava com serviços de controladoria, talvez você ainda não tenha dimensão da importância do setor em um escritório de advocacia. 

É por isso que esse post é tão importante. Afinal, nele vamos esclarecer como a controladoria vai ajudar o seu escritório  a tornar-se ainda mais relevante frente ao mercado. 

A função do controller – pessoa responsável por gerir a controladoria – pode ser vista como um verdadeiro braço direito dos sócios do escritório. 

Aliás, podemos dizer que essa pessoa se torna um grande braço direito de todo o negócio. Isso acontece porque o controller atua de maneira muito generalista e multidisciplinar. 

Os serviços de controladoria em um escritório de advocacia passam por questões como:

  • Controlar prazos judiciais e cobrar cumprimento;
  • Gerar relatórios que servirão de referência para a alta liderança tomar decisões;
  • Dar suporte jurídico à equipe;
  • Acompanhamento das atividades gerais da equipe;
  • Suporte e atualização do software jurídico. 

As funções podem variar de acordo com a estratégia do escritório, levando em consideração também o tamanho do time que estará disponível e quais as prioridades definidas pela liderança. 

Em resumo, o importante é saber que os serviços de controladoria precisam ser estratégicos a ponto de poder planejar, gerir e controlar atividades de curto a longo prazo do escritório. 

ebook controladoria e custos

Tecnologia no centro da estratégia

Por isso é essencial que essa equipe – ou a figura do controller – tenha muita autonomia em todos os processos. Ao lado da autonomia também aparece a relevância do setor ter acesso a dados confiáveis.

É por isso que os serviços de controladoria precisam estar diretamente ligados à gestão de um software jurídico. Somente dessa forma que o controller poderá ter uma visão completa de todos os setores do escritório. 

A partir do uso de um recurso tecnológico, como é o caso da ADVBOX, o setor de controladoria pode:

  • Receber informações atualizadas sobre todas as demandas atendidas pelo escritório;
  • Verificar como estão as questões relacionadas à área financeira;
  • Extrair dados e fazer o cruzamento deles para relatórios completos para a diretoria;
  • Acompanhar a produtividade da equipe e verificar se há advogados com sobrecarga de trabalho;
  • Organizar processos, documentações e comunicação com os clientes a partir de um único ambiente com o foco de tornar o escritório ainda mais estratégico e eficiente. 
lista com os serviços de controladoria
Serviços de controladoria: ganhe espaço frente aos concorrentes

Quem pode trabalhar na controladoria?

São vários os perfis de profissionais que podem atuar com os serviços de controladoria em um escritório de advocacia. 

O controller, que já mencionamos nesse conteúdo, pode ser um profissional que tenha formação em áreas como Direito, Administração e Contabilidade, por exemplo.

Aliás, a formação neste caso, não é tão decisiva quanto a experiência que esse profissional pode apresentar para o negócio. Por isso é tão relevante que o controller esteja em constante formação.

Um grande diferencial é ter a vivência em escritórios por, ao menos, dois anos, conhecer a estrutura do judiciário e ter domínio com o uso de softwares jurídicos e planilhas de excel. 

Entendendo a necessidade de profissionalização desse mercado, a ADVBOX lançou um dos cursos mais completos para a formação em controladoria jurídica. 

O curso de Formação em Controller Jurídico é voltado para os profissionais que querem atuar nessa área ou aprimorar seus conhecimentos. 

Ao lado das características técnicas para o cargo, também é muito relevante que o controller jurídico tenha um perfil organizado. Além disso, é relevante que:

  • Seja uma pessoa detalhista;
  • Tenha proatividade na resolução das demandas;
  • Atue de maneira autônoma;
  • Seja um líder com perfil decisor;
  • Comunique-se bem com os times. 

Esses cinco pontos acima formam um perfil ideal para pessoas que desejam estar na carreira dentro dos serviços de controladoria.

Por outro lado, se você é gestor e está contratando profissionais na área, lembre-se de verificar também essas questões, além das técnicas que mencionamos anteriormente. 

Como montar um setor de controladoria em uma empresa?

Se o seu escritório de advocacia ainda não conta com serviços de controladoria em uma área específica, entenda que o sucesso dela depende diretamente da maneira como acontece a estruturação. 

Aliás, essa é uma dúvida muito frequente entre gestores que estão organizando a controladoria em seus negócios. De forma geral, no organograma, o setor deve estar conectado diretamente com a gestão e a alta liderança.

Isso porque é a controladoria que deve reportar o que acontece no escritório com o objetivo de auxiliar na tomada de decisões estratégicas. 

É por isso que é fundamental que o quadro de sócios e as lideranças do escritório permitam que o controlador tenha autonomia e possa conversar diretamente com essas áreas. 

Afinal, o controller deverá levar insights e visões sobre o andamento das questões do escritório de maneira muito direta com o objetivo de que as metas do negócio sejam alcançadas. 

Por outro lado, os serviços de controladoria devem atender de forma transversal todas as outras áreas do escritório. Financeiro, atendimento e equipe técnica jurídica devem ser observados pelo controller. 

Por essa razão é tão importante que o profissional que responde pela controladoria tenha habilidade e consiga trabalhar com um software jurídico adequado. 

Produtividade conectada ao software jurídico

Somente com o suporte da tecnologia é que a visão completa do que acontece no escritório pode acontecer. 

É totalmente contraproducente que o controller precise buscar de maneira individual cada uma das pessoas de cada área para entender o que está acontecendo e estabelecer as melhorias nos processos a partir dessas informações. 

Além disso, em um software jurídico – pensado exclusivamente para a realidade dos escritórios de advocacia, como é o caso da ADVBOX –, é possível extrair relatórios estratégicos com a ajuda dos recursos de Business Intelligence. 

Como mencionamos anteriormente, a visão completa a respeito da produtividade das equipes é insumo essencial para a atuação do controller. 

Aliás, clientes da ADVBOX contam com uma metodologia exclusiva para atender a essa necessidade. Com a Taskscore, o controller consegue visualizar exatamente o que cada um dos profissionais está fazendo. 

A partir da ferramenta é possível determinar pontos para cada uma das atividades dos advogados e, a partir disso, estabelecer o que é prioridade. 

Ao realizar essa ação, o controller consegue evitar que a equipe técnica perca prazos ou deixe de para a última hora a realização de atividades importantes. 

E, mais uma vez, esse acompanhamento tão preciso reflete diretamente na maneira como os clientes enxergam a capacidade de execução, atendimento e excelência do escritório. 

Para entender como esse serviço funciona na prática, teste a ADVBOX gratuitamente durante 7 dias. 

Qual o salário de um controller?

Os serviços de controladoria são essenciais para o andamento do escritório de advocacia. É por isso que essa área tem ganhado tanta importância nos últimos anos. 

Aliás, pesquisas garantem que, em pouco tempo, mais de 10 mil vagas devem ser abertas no Brasil com enfoque no trabalho da controladoria em negócios jurídicos. 

Entendendo a valorização desse mercado, os serviços de controladoria podem pagar entre R$ 3 mil e podendo passar de R$ 10 mil para os profissionais. 

Com salários tão atrativos, os profissionais que desejam migrar para a área devem concentrar-se na profissionalização, como já mencionamos anteriormente. 

Além disso, desenvolver habilidades com relação à tecnologia é decisivo para ter um diferencial no momento de uma contratação. 

Profissionais que conseguem administrar um software jurídico e, a partir dele, extraem informações relevantes para o negócio ganham pontos importantes na atuação em um mercado tão competitivo. 

Afinal, como você já deve saber, um dado isolado não nos diz muita coisa. Apenas com o cruzamento das informações e a organização delas é que a tomada de decisão inteligente acontece. 

Por isso, se você já atua na controladoria de um escritório mas ainda não tem um software jurídico para auxiliar no seu trabalho, converse com a sua liderança e mostre o quanto esse fator é essencial para uma atuação efetiva. 

Conte com a ADVBOX para tornar os seus serviços de controladoria muito mais estratégicos.

trial
Autor
Comunicação & Conteúdos

Equipe ADVBOX

Postagens Relacionadas