fbpx

Um momento delicado na rotina do advogado é o vinculo de pagamento tratado com o cliente. Ao mesmo tempo em que, muitas vezes, você está auxiliando seu cliente em algo muito particular e importante na vida dele, também é necessário estabelecer como será realizado o acerto dos honorários advocatícios.

um cartão de crédito sendo segurado por uma mão. Simboliza a possibilidade de pagar Honorários advocatícios de diversas formas.

 

Uma maneira de ser menos incisivo na cobrança e mais eficiente no recebimento devido é programar o pagamento através de boleto bancário. É uma forma prática e confortável para o seu cliente quitar qualquer pendência

Como vincular a cobrança de honorários advocatícios ao cadastro do cliente?

Cada vez mais advogados se livram de pastas e arquivos físicos e optam por soluções digitais. Principalmente para manter os cadastros e processos de clientes organizados.

Entretanto, você precisa ter cuidado na hora de escolher um sistema para fazer isso. É importante que você acumule o maior número de funcionalidades dentro de uma mesma plataforma. Assim, não vai precisar usar vários aplicativos para coisas diferentes.

Principalmente no que se refere ao setor financeiro. Na ADVBOX, por exemplo, você consegue emitir o boleto dentro da plataforma e cobrar os honorários advocatícios sem precisar de outra plataforma e com pagamento de taxas abusivas.

Como funciona a cobrança de Honorários advocatícios na ADVBOX?

Um ótimo diferencial da ADVBOX é a integração com outras plataformas de pagamento autorizadas pelas instituições financeiras a emitir boletos protestáveis. O Asaas, por exemplo, é um deles. Trata-se de uma plataforma para cobranças com geração de boletos ou parcelamentos em cartão de crédito.

Essa integração com a Asaas permite que você emita qualquer tipo de boleto de cobrança dentro da própria plataforma da ADVBOX, vinculado diretamente no processo do seu cliente, com poucos cliques.

O boleto será enviado para o seu cliente pelo e-mail ao qual ele está cadastrado na plataforma.

É preciso pagar mais para poder emitir boletos?

Não há acréscimo na mensalidade, e no Asaas não há cobrança pela emissão do boleto ou 2a via. Optamos pelo Assas como parceiro de cobranças por estes fatos que favorecem demais os escritórios de advocacia, e mais alguns detalhes.

O único valor que você deverá arcar é a taxa de cobrança quando o boleto é pago. Sem comprometimentos mensais, a taxa que varia de 2 reais a 6 reais.

Imagine o custo de passar uma hora do seu dia envolvido com cobranças que você pode resolver com poucos cliques em 1 minuto. Certamente você deve sentir que sua hora de trabalho vale muito mais que este valor mínimo, certo?

Redução na inadimplência e receita recorrente

Com a geração do boleto e envio direto para o cliente, cria-se um condicionamento muito mais confortável para o pagamento. Sua atenção poderá ser focada no atendimento, valorizando a experiência do cliente. Já a cobrança será feita de forma impessoal e leve.

Isso diminui drasticamente a inadimplência dos clientes. Consequentemente, você poderá contar cada vez mais com receita recorrente.

Como tratar da inadimplência de honorários advocatícios?

Entretanto, como em qualquer escritório de advocacia, no seu também pode haver o cliente que não paga ou atrasa. E é difícil diferenciar rapidamente aquele cliente que apenas está precisando de mais prazo daquele que não pretende pagar.

Os boletos ajudam muito. Nossos clientes reportam que reduziu, em média, a inadimplência em 62% após adotar esse método. Escritórios digitais, que aboliram atendimento presencial, percebem uma redução de 91% comparando com a época que eram escritórios físicos.

Além disso, é preciso compreender que escritórios de advocacia só podem efetuar a negativação do nome dos clientes no SPC/SERASA com a autorização judicial. A cobrança extrajudicial deve ser feita mediante protesto, que pode ser feito com:

  • contrato de honorários não cumprido que, na prática, gera vários problemas de interpretação, já que os cartórios apenas protestam valores exatos e não interpretam os contratos, se negando muitas vezes a efetuar o protesto;
  • boleto bancário não pago, com o valor devido, o que é facilmente permitido pelos cartórios;

A cobrança dos honorários advocatícios não precisa mais ser um assunto desconcertante a ser tratado.

Colocando em prática todas essas medidas, você estará profissionalizando ainda mais seu fluxo de trabalho. Isso reduzirá o tempo gasto em cobranças e aliviará seu estresse.

Banner para clicar e fazer uma demonstração gratuita da ADVBOX


Lucas Steinmetz

Formado em jornalismo, especializado em estratégias e técnicas SEO e Professor do Instituto IbiJus. Lucas Steinmetz começou sua jornada como analista SEO dentro de um escritório de advocacia e elevou o número de acessos no blog de 20 mil para 315 mil visitas por mês. Possui mais de 11 anos de experiência em produção de conteúdo para internet. Atualmente, trabalhando em um dos mais completos métodos de marketing jurídico focado em qualidade e resultados sem ferir as normas da OAB.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *