fbpx

O início na advocacia não é nada fácil. Na faculdade, você passa pelo TCC, pela banca avaliadora e faz a bendita prova da OAB. Pega a carteirinha, faz das tripas coração pra abrir o escritório, compra móveis, coloca a placa na porta. E então chega aquele momento que você senta na sua cadeira nova e espera o cliente entrar.

Um jovem advogado sentado em frente ao computador em seu escritório, apertando os olhos com os dedos por debaixo dos óculos, simbolizando as dificuldades do início na advocacia

Eis que nem mesmo os familiares, que já te consultavam no primeiro semestre da faculdade, estão te procurando. Você vai ficando sem dinheiro pra manter o escritório e sem limite no cartão. Entrou o primeiro cliente, mas ele só vai te pagar no final do processo. Você só pensa nas vezes em que ouviu na faculdade dos limites da OAB e se sente amarrado.

E agora? Bateu o desespero?

Se você está passando por isso (ou já passou por esse momento) sabe o quanto é agoniante. E o pior é que você não é o único advogado a passar por essa situação.

Isso porque nenhum advogado é preparado para isso na faculdade. Seu início na advocacia sempre trará esse tipo de situação.

Você aprende sobre direito material, sobre procedimentos, sobre o que a OAB pede na prova. Mas ninguém te ensina a ser um gestor de escritório de advocacia. Muito menos a ser um empreendedor. Garanto que, se ensinassem isso, haveriam bem menos advogados desesperados no mundo.

O início de qualquer negócio e de qualquer profissão não é fácil. Você é novo no pedaço e está entrando num mercado para competir com profissionais com mais tempo de carreira. É difícil, mas também não precisa ser desesperador, não é mesmo?!

Um início na advocacia mais agradável

O primeiro passo pra sair do desespero é aprender sobre gestão. Um advogado que abre o próprio escritório tem que ter, no mínimo, um conhecimento aprofundado de organização.

Como organizar documentos e informações de clientes e processos, como organizar a rotina de trabalho, controlar a produtividade do escritório, fazer o melhor atendimento aos clientes, gerenciar os prazos, fazer controle e planejamento financeiro, saber onde investir, como fazer o próprio marketing. Enfim, tudo o que é essencial para um bom desenvolvimento do trabalho e, consequentemente, do negócio.

O segundo passo é aprender sobre empreendedorismo. Em um mercado tão competitivo como o da advocacia, ficar sentado esperando as coisas acontecerem sozinhas não ajudará em nada. Você precisa inovar a forma de trabalhar e voltar os olhos para a digitalização do escritório, que são coisas que certamente trarão novas perspectivas para você.

E o terceiro passo é ter ajuda de alguém qualificado. Aprender e executar isso tudo sozinho pode ser extremamente difícil.

O ideal é ter alguém para orientar seus estudos, fornecer conteúdos direcionados, ensinar e ajudar na execução de tudo o que foi aprendido e fazer um acompanhamento para garantir o sucesso do escritório.

Limites da OAB

A inovação na advocacia precisa ser guiada dentro dos limites da OAB, para garantir progresso sem dor de cabeça. E ela pode começar no início da advocacia. Não espere anos de erro e tentativas para começar a colocar em prática.

Ao contrário do que a maioria dos advogados pensam (que na advocacia tudo é proibido), existem várias coisas que podem ser feitas dentro das normas do Estatuto da OAB e do Código de Ética profissional, que não são ensinadas na faculdade de Direito e que rendem ótimos frutos. Como, por exemplo, o Marketing Jurídico Digital.

Você saber como se posicionar na internet dentro da ética, ajuda muito a acabar com aquele desespero de não ser visto e ter que ficar esperando que alguém descubra a porta do seu escritório.

Aprender como otimizar todo o seu trabalho também é essencial para que você possa fazer uma advocacia digital, com redução de custos e aceleração de resultados.

Quem pode ajudar?

Agora, se estiver pensando em onde vai arrumar alguém pra te ajudar com isso tudo, não se preocupe! Saiba que já tem gente qualificada para ajudar você nesse processo de aprendizado e transformação, e que mudar é mais fácil do que você pensa.

Os chamados Consultores de Sucesso (CS) da ADVBOX são preparados para fazer projetos especialmente para o seu escritório, voltados para todas as áreas estratégicas da advocacia digital. E, como o próprio nome diz, trabalham pelo seu sucesso.

Com eles, você aprende como avançar nas 3 áreas essenciais do Escritório Digital, que são: Atendimento Online, Gestão de Equipe por produtividade e Gestão Financeira. E, ainda, como iniciar o desenvolvimento do seu Marketing Jurídico Digital. Essas, entre outras áreas, são de extrema relevância para o desenvolvimento do seu escritório.

Saber como mudar seu atendimento de reativo para proativo, quais canais utilizar para se comunicar com seus clientes, como utilizar redes sociais ao seu favor, organizar um fluxo de trabalho por tarefas com pontuação, medir os seus resultados e os de sua equipe, otimizar o tempo, implantar home office, saber suas reais despesas e receitas, fazer planejamento financeiro e tributário, são itens primordiais para transformar o seu escritório em um negócio de sucesso.

Se você se interessou e sente que precisa saber mais sobre tudo isso, entre em contato com o seu CS na ADVBOX. Analise com ele o diagnóstico do seu escritório e veja os pontos em que você precisa melhorar o quanto antes para largar de vez o desespero.

Banner: Conquiste mais clientes com ADVBOX. Receba informações personalizadas sobre como acelerar sua produtividade, aumentar a carteira de clientes e gerar mais receita com ADVBOX.


Eduardo Koetz

CEO da ADVBOX . Advogado e Professor de Pós Graduação. Especialista em Gestão Digital de Escritórios de Advocacia, equipes não presenciais, marketing jurídico digital e estratégia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *