fbpx

Sempre que falo sobre Advocacia Online, busco desmistificar algumas questões. Entre elas, por exemplo, de que um escritório online é algo para grandes escritórios ou determinadas áreas do Direito. Ou, ainda, que há raríssimos escritórios online.

A imagem mostra um advogado trabalhando através da internet. Veja nesse post como começar um escritório online para advogados autônomos.

Dados sobre Escritório Online no Brasil

Em 2019, já temos milhares de escritórios que atuam com mais de 50% de suas operações via digital. Seja no marketing, seja no atendimento, seja no protocolo e acompanhamento de processos judiciais e administrativos. Arrisco dizer que mais da metade da advocacia brasileira hoje é online.

Entretanto, qual é o ponto crucial para conseguir implantar um escritório completamente digital?

É o fechamento de contratos, sem dúvidas! O fechamento dos contratos advocatícios é o momento exato onde se estabelece determinado tipo de relacionamento com os clientes. Para ajudar, leia o artigo 4 Estratégias para convencer o cliente a fechar contrato com seu escritório.

O Marketing Jurídico Digital está cada vez mais sofisticado e o atendimento posteriormente pode ser online. Mas é no fechamento que o advogado dá o tom dos meios de relacionamento aos clientes.

Se você é contratado via presencial, será demandado via presencial para sempre.

Por isso, se seu interesse é em abrir um escritório novo, talvez o melhor é abrir exclusivamente via digital. Foque nestes meios e se dedique a esta metodologia, sem dividir forças entre o digital e o presencial. Está com dúvida? Entenda como a prática jurídica evoluiu na era digital.

Essencialmente, um escritório online tem abrangência nacional. Mas é possível criar um escritório assim com abrangência estadual, desde que planejado de forma diferente. As dicas a seguir devem ser adaptadas à realidade do Plano de Negócio.

Essencial para a gestão do trabalho e controle de clientes é uma plataforma digital adequada como a ADVBOX.

O passo a passo que aconselho é implantar as ferramentas digitais adequadas para cada área do escritório, vamos lá:

Passo 1. Marketing Jurídico Digital

Contrate um profissional para trabalhar permanente no seu escritório ao seu lado (presencialmente) que conheça bem o marketing digital. É importante que ele consiga desenvolver um plano de marketing adequado e respeitando os limites da OAB.

Contrate o RD Station, pois é a melhor e mais acessível ferramenta de gestão de marketing digital. Além disso, tem ótimas consultorias de implantação.

Contrate uma boa agência de marketing, analise seu portfólio e acompanhe de perto a construção de um site que seja não apenas decente, mas ótimo e respeitável. Ele será o local de atendimento dos clientes, já que você não terá escritório físico. Seja crítico, estude possibilidades, analise outros sites jurídicos no Brasil e contrate para desenvolver um site com Blog integrado. É importante a possibilidade de integração com o RDStation e os demais aplicativos que vou citar a seguir, garantindo que o contrato seja para desenvolver um site que será de sua propriedade, e não uma “licença de uso”;

Se prepare para escrever muito, sugerimos um plano estratégico de conteúdo com 50 postagens anuais (2 por semana) para os 2 primeiros anos, mas é possível criar algo com 25 postagens.

Passo 2. Atendimento ao Cliente no Escritório Online

Um escritório que não terá atendimento presencial precisa compensar nos canais de atendimento online. Por isso é preciso:

  • Responder as consultas das páginas de conversão de leads criadas no RDStation diariamente, com tempo de resposta de no máximo 24 horas;
  • Responder os comentários nas Redes Sociais e no Blog a cada postagem;
  • Responder o Chat do site, do Facebook, além do Telefone e o Whatsapp imediatamente;
  • Para responder nos horários que não há ninguém trabalhando, é fundamental contratar uma empresa de atendimento multicanal, integrada com seu site e com RDStation, nós aconselhamos a Huggy;
  • Contratação do GSuits do Google para a organização dos e-mails profissionais do escritório, com o url da banca após o @ e controle dos registros de contatos e interações dos colaboradores com os clientes.

Passo 3. Fechamento de Contratos

Destacar um dos melhores advogados (você pessoalmente, caso não tenha sócios) e que tenha perfil comercial é fundamental para que o escritório online dê certo. Porém, fechar contratos é um dom que se adquire com dedicação e com um certo talento, se você não tem esse perfil, vale a pena contratar alguém para esta função. É preciso:

  • Ter um advogado destacado em tempo integral para a função de fechamento, que responda as oportunidades criadas pelo marketing preferencialmente em um prazo de 5 minutos, caso não seja possível, em no máximo 24 horas (exceto finais de semana).
  • Ter um CRM adequado para a gestão de clientes em fase de fechamento, aconselhamos o pipedrive ou ADVBOX, pois os clientes ficam mais tempo no ciclo de venda do que quando vem ao escritório presencialmente, conversando com o advogado entre 5 e 30 dias em média.

Passo 4. Produção Jurídica

Fazendo todo trabalho e atendimento via online, é essencial manter a produção jurídica também online. E o software melhor desenvolvido para esta função é a ADVBOX.

Dar o suporte para a equipe jurídica desenvolver todo trabalho não-presencialmente é fundamental para que o escritório mantenha uma performance capaz de suportar o volume de clientes e processos espalhados pelo país.

Além disso, um aplicativo de contratação de correspondentes é fundamental. Aconselhamos o Jurídico Certo, apesar de inúmeros outros bons aplicativos.

  • Possuir uma Plataforma Digital completa como a ADVBOX;
  • Esta plataforma precisa ter livre criação de usuários sem aumento de custo, a fim de permitir o crescimento do escritório e contratação de autônomos permanentes por exemplo;
  • Possuir todo arquivo de documentos dos processos ativos armazenados na nuvem dentro da ADVBOX;
  • Esta plataforma deve ter um sistema sofisticado de gestão por tarefas e não em horários, para permitir a medição de resultados de equipes não presenciais;
  • A Plataforma ainda precisa de um sistema de automação de atendimento ao cliente, para facilitar o fluxo de informações sem tomar tempo da equipe.

Passo 5. Possuir uma Rede de Parcerias no país ou se preparar para manter OAB em todos os estados

Para ter mais de 5 processos em um estado, é preciso possuir registro suplementar da OAB, o que tem um custo bem alto. Por isso, ou será necessário fazer parte de uma rede de parcerias, ou computar o custo das anuidades em vários estados para a manutenção do escritório online.

Se o seu plano é desenvolver um escritório online a nível estadual, deve ter um foco bem adequado e estudar bem o seu público. Especialmente o engajamento dele na internet.


Alan Vital

Alan Vital é Advogado e Programador Front End, com Pós graduação em Direito Digital e Compliance, especialista em Marketing Jurídico e Gestão de Escritórios Digitais, além de membro de comissões da OAB e da Jovem Advocacia. Consultor da ADVBOX e proprietário e criador do Aplicativo AVALIAJUS.